Confiança empresarial ultrapassa nível pré-pandemia, aponta FGV

O Índice de Confiança Empresarial (ICE), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE), subiu 3 pontos no mês setembro, atingindo o patamar de  97,5 pontos. Com o resultado, o indicador alcançou novamente o patamar pré-pandemia, chegando a ficar 1,5 ponto acima do nível de fevereiro, último mês antes de a economia ser fortemente abalada pela crise do coronavírus.

O ICE considera índices de confiança de quatro setores contemplados pelas Sondagens Empresariais: Indústria, Serviços, Comércio e Construção.

ISA-E

O Índice de Situação Atual Empresarial também apresentou melhora, subindo 4,4 pontos, alcançando 93 pontos. O nível já é superior que o de fevereiro, que era de 92,5.

Expectativas

O levantamento também analisou as expectativas dos empresários. Segundo o estudo, o empresariado apresenta neutralidade em realação ao futuro próximo (três a seis meses). Já o setor industrial apresentou otimismo em relação à evolução dos negócios nos próximos meses.

Apesar da melhora em diversos setores, o de serviços é único que ainda registra uma recuperação mais lenta. A situação pode ser atribuída a uma percepção desfavorável das empresas com relação à situação atual.

 

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please enter comment.
Please enter your name.
Please enter your email address.
Please enter a valid email address.
Please enter a valid web Url.