Puxado pelos setores de serviço e comércio, Brasil abre 253 mil postos de trabalho com carteira assinada em outubro

O Ministério do Trabalho e Previdência anunciou a criação de 253.083 postos de trabalho formais em outubro. No mês passado foram registradas 1.760.739 admissões ante 1.507.656 desligamentos. O saldo é de 2,6 milhões de novas vagas nos dez primeiros meses deste ano. Os números do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) foram divulgados nessa terça-feira (30).

O setor de serviços destacou-se em outubro, com a geração de mais de 144.641 mil novos postos de trabalho formais. O segundo maior crescimento ocorreu no setor de comércio, com saldo de 70.355 mil trabalhadores admitidos. A indústria somou 26.697 mil novas vagas e a construção, 17.236.

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, destacou que os dados do Caged revelam recuperação formal da economia desde janeiro. “Apenas neste ano, mesmo com os efeitos da pandemia, conseguimos gerar mais de 2,6 milhões de novos postos formais de trabalho”, ressaltou.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please enter comment.
Please enter your name.
Please enter your email address.
Please enter a valid email address.
Please enter a valid web Url.