Seminário debaterá desafios e soluções para o desenvolvimento sustentável da indústria de resíduos sólidos no Brasil

Encontro promovido pelas entidades do setor de manejo de resíduos sólidos brasileiro em parceria com o Grupo Voto reunirá autoridades e representantes de entidades públicas e privadas

 Discutir os avanços conquistados e a perspectiva de futuro da indústria ambiental brasileira de tratamento de resíduos sólidos, em face das contribuições do novo Marco Legal do Saneamento para a universalização da atividade no Brasil. Com este propósito, as entidades do setor e o Grupo VOTO, com o apoio da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, realizarão o Seminário Caminhos para o Desenvolvimento Sustentável da Indústria de Resíduos Sólidos no Brasil. Líderes dos setores público e privado participarão do evento, nas modalidades online e presencial, no próximo dia 19, em Brasília (DF).

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, fará a palestra de abertura, na qual abordará as contribuições trazidas pelo novo Marco Legal do Saneamento para a sustentabilidade econômico-financeira da gestão de resíduos no Brasil, como fator de atração de investimentos privados necessários à universalização dos serviços de coleta e tratamento de resíduos.

Dados do governo federal apontam que um em cada 12 brasileiros, ou seja, mais de 17 milhões de pessoas não têm coleta regular na porta de casa, e a cada 10 sacos de lixo coletados, quatro terminam em lixões. Os índices de reciclagem não chegam a 4% enquanto países desenvolvidos reciclam oito vezes mais que o Brasil.

O histórico da indústria de resíduos sólidos, sua matriz de soluções e os avanços setoriais estarão nas falas dos presidentes do Instituto Brasileiro de Autorregulamentação no Setor de Infraestrutura (IBRIC), General Sérgio Etchegoyen, e da Associação Brasileira de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública (ABLP), João Gianesi. No mesmo bloco estarão os presidentes da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE), Carlos Silva; da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (ABETRE), Luiz Gonzaga; do Sindicato de Empresas de Limpeza Urbana no Estado de São Paulo (SELUR), Leonardo Matheus Silva.

O seminário terá ainda a participação dos Ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, do Secretário Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Almirante Flávio Rocha, além de prefeitos, parlamentares e representantes da indústria ambiental de tratatamento de resíduos.

Gestão e modernização

A gestão comercial dos serviços e a modernização da indústria de resíduos sólidos devem encerrar o evento. No painel, serão discutidos a importância da regionalização, o manejo de resíduos enquanto infraestrutura de utilidade econômica domiciliar e os impactos positivos que a cobrança individualizada pelos serviços – prática consolidada ao redor do mundo -, trazem para a redução do desperdício, a sustentabilidade e modernização da atividade, em prol do meio ambiente. O bloco será composto por Eduardo Gurevich e Vanessa Rosa, da Lacaz Martins Advogados; Alexandre Uhlig, Diretor do Instituto Acende Brasil; Carlos Silva, Presidente da ISWA e Abrelpe, e Carlos Rossin, Diretor de Sustentabilidade do Selur.


Serviço

Seminário: Caminhos para o Desenvolvimento Sustentável da Indústria de Resíduos Sólidos no Brasil
Data: 19/05/2021 (quarta-feira)
Horário: das 8h30 às 16h30
Local: Espaço Brasil 21 – Brasília (DF)
Inscrição: http://bit.ly/seminário-1905

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please enter comment.
Please enter your name.
Please enter your email address.
Please enter a valid email address.
Please enter a valid web Url.